domingo, 6 de setembro de 2009

Pugama PSD

Texto de Manuel António Pina, publicado no JN de 28 de Agosto de 2009

Tempo de autocrítica

É impossível não ver no programa eleitoral do PSD (...) e no anúncio pela dra. Ferreira Leite de políticas de firme combate a medidas da dra. Ferreira Leite, a mão maoista (ou o que resta dela) de Pacheco Pereira, a da autocrítica. Assim, se chegar ao Governo, a dra. Ferreira Leite extinguirá o pagamento especial por conta que a dra. Ferreira Leite criou em 2001; a primeira-ministra dra. Ferreira Leite alterará o regime do IVA, que a ministra das Finanças dra. Ferreira Leite, em 2002, aumentou de 17 para 19%; promoverá a motivação e a valorização dos funcionários públicos cujos salários a dra. Ferreira Leite congelou em 2003; consolidará efectiva, e não apenas aparentemente, o défice que a dra. Ferreira Leite maquilhou com receitas extraordinárias em 2002, 2003 e 2004; e levará a paz às escolas, onde o desagrado dos alunos com a ministra da Educação dra. Ferreira Leite chegou, em 1994, ao ponto de lhe exibirem os traseiros. (...)

 Manuel António Pina,  JN

(Texto com supressões)

 28 de Agosto de 2009

Ó mamã, isso num tá no pugama!

O "debate" entre Manuela Ferreira Leite e Francisco Louçã foi todo um agoniar e uma luta desesperante para revelar o menos possível por parte da líder laranja. Sempre que se sentia incomodada com a tão propalada "verdade" justifica-se com o programa, "não tenho isso no programa". Para passar discreta, acabou por concordar com Louçã em quase tudo menos quando meteu a paneleirada que isso, meus filhos, "o casamento é para procriar". Enfim... pena que o "debate" durasse tão pouco tempo e que Louçã não tivesse sido tão incisivo e cínico como será contra Sócrates caso contrário o PSD ter-se-ia enterrado definitivamente hoje.

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Asfixia democrática

«O cardeal-patriarca de Lisboa repreendeu hoje bispos e padres que "se consideram com o direito de decidir pela sua cabeça"

"Enquanto houver alguns bispos e padres que se consideram com o direito de decidir pela sua cabeça os caminhos de pastoral, o sentido da existência moral, a maneira de celebrar, estamos a fragilizar a proposta cristã, num mundo que saberá aproveitar, com os seus critérios, as nossas divisões", afirmou D. José Policarpo, no VI Simpósio do Clero [Lusa]
A Igreja, e a religião em geral, sempre lidaram muito mal com a liberdade de pensamento e a vontade própria. 


"Quando todos pensam igual, ninguém está a pensar."
Walter Lippmann, A Sabedoria dos Tempos

Isto vindo de quem tem cara de aborto...

Nem me vou dar o trabalho de fazer qualquer tipo de piada sobre o texto que se segue. Ele é, em si, todo uma idiotice e inqualificável anormalidade. O texto é de Gonçalo Portocarrero de Allmada e está no Público de 30 de Agosto de 2009. Fiquem então com esta bardamelhice de raciocínio:

A educação sexual e D. Afonso Henriques 

Por Gonçalo Portocarrero de Allmada 


Se a ignorância sexual foi tão prolífica para Portugal, será que a educação sexual esterilizará o nosso país?

A questão pode parecer peregrina, mas não é. Com efeito, foi precisamente neste ano, em que se festejam os novecentos anos do primeiro rei de Portugal, que se implementou no nosso país a educação sexual obrigatória. Uma tão feliz coincidência não pode ser mero acaso, pelo que parece ser pertinente questionar a relação entre aquela efeméride e esta nova vertente da educação em Portugal.
É certo e sabido que D. Afonso Henriques não teve qualquer tipo de educação sexual, muito embora uma tal carência não tenha significado para o nosso primeiro monarca nenhuma especial inaptidão, pois não só foi pai da nação como, também, de onze filhos! Mais ainda: todos os seus contemporâneos que geraram descendentes, fossem eles nobres, burgueses ou filhos do povo, todos, sem excepção, fizeram-no sem que lhes tivesse sido dada nenhuma educação sexual. É incrível, mas é verdade. 
E, não obstante esta ignorância sexual generalizada, o país não se extinguiu! É caso para dizer: milagre! Era de esperar que os portugueses tivessem desaparecido do mapa, por desconhecimento da ciência da reprodução, acintosamente omitida pela Igreja e pelo Estado, nos seus respectivos estabelecimentos de ensino. Mas não! De forma absolutamente prodigiosa, os portugueses, sabe-se lá a que custo, lograram trazer filhos ao mundo! Filhos das trevas e da falta da educação sexual! Filhos da iliteracia sexual que o nosso país sofreu durante oito séculos! 
Temo que seja esta a ancestral razão pela qual muito se gaba, e com razão, a proverbial capacidade lusitana de improvisar: não havia aulas, os homens e as mulheres não sabiam educação sexual e, contudo, apareciam filhos, tantos filhos que se espalharam pelas sete partidas do mundo! Se a ignorância sexual foi tão prolífica para Portugal, será que a educação sexual esterilizará o nosso país? Será que o que se pretende, com a nova disciplina curricular, é que os portugueses mirrem e se extingam, em vez de se expandirem e multiplicarem?! 
Seja como for, a verdade é que o Governo entendeu por bem pôr termo a esta atávica falta de educação sexual nacional. Mas, se pega a moda do Estado pretender ensinar o que é óbvio e natural, em vez do que é elevado e racional, é de esperar que a reforma educativa não se fique pela sexualidade. Falta, por exemplo, uma disciplina de educação respiratória, porque há quem não saiba inspirar e expirar em condições. O mesmo se diga da educação digestiva e de todas as outras expressões das mais básicas necessidades do nosso organismo. Em suma: a introdução da educação sexual não é uma simples alteração cosmética da política educativa, mas o início de uma nova era, a vanguarda de uma autêntica revolução. Abaixo o Português e a Matemática e viva a Educação Sexual! Abaixo a cultura e viva a educação animal! Abaixo a educação humanista e viva a educação "bestial"!
A propósito, não será por falta de educação sexual que o lince-ibérico está em vias de se extinção?! Se os homens, que em princípio são animais racionais, têm necessidade, no sábio e prudente entendimento dos nossos governantes, de uma aprendizagem que assegure a sua reprodução, com mais razão os animais irracionais precisam de uma formação específica que os ensine a procriar. Crie-se, pois, sem mais demora, a Escola C+S da Malcata e imponha-se aos linces a frequência obrigatória das respectivas aulas de educação sexual: é a única solução capaz de impedir o seu dramático desaparecimento.

Licenciado em Direito e doutorado em Filosofia. Vice-presidente da Confederação Nacional das Associações de Família (CNAF).

sábado, 22 de agosto de 2009

Quem anda à chuva, molha-se...

Sabem aqueles avisos de falésias instáveis e perigo iminente de derrocada? Pois, estão lá por alguma razão. É só isso que tenho a dizer. Só leva com elas em cima quem se sujeita.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Usain Bolt correu 100m em 9,58 seg. e 200m em 19,19. Ora aí está um que a gripe A passa por ele e nem o apanha. 

Conversas de praia

Fiquei hoje a saber que o Martins foi buscar sardinhas a casa da Ana. Quem é o Martins? Não sei. Quem é a Ana? Não sei...mas tem sardinhas!

Civismo

Carlos do Carmo não é Tony Carreira. E portanto não se ouve Carlos do Carmo como se ouve Tony Carreira. É que é diferente mesmo. Não se fala, não se assobia, não se mandam gritinhos histéricos e nem se grita "só mais uma!". Tá bom? Entendidos? 

quinta-feira, 30 de abril de 2009

No fundo no fundo, eles amam-se



Quem tem lido os comentários que Mário Crespo tem escrito no JN sobre José Sócrates e quem viu a sua entrevista a Manuela Ferreira Leite, uma espécie de flirt como já lhe chamaram, percebe que interessa tudo menos a imparcialidade jornalística.

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Época de caça

Acredito na inocência de José Sócrates. A credibilidade de quem acusa, os timings das acusações e a campanha que se instalou em torno do caso fazem-me acreditar na sua inocência. Os DVD's ficam para quem gosta de bodes expiatórios e para quem é curto de vistas.
Mas mais uma vez, o mal está feito. Como já disse aqui muitas vezes basta lançar a suspeita sobre alguém para esse alguém ser imediatamente culpado aos olhos de muito boa gente. Se depois o processo não for até ao fim, melhor. Evitam-se chatices e só não se foi avante porque o gajo era um tubarão do caraças e está acima da lei. É o populismo e demagogia no seu melhor, e o pior é que até funciona.

Geração magalhães

A ser verdade é, mais uma vez, grave.

O magalhães, muito sinceramente, já chateia. É útil, muito útil. Abriu portas a muitas crianças, as suas vantagens já foram reconhecidas mundialmente, mas já cansa. Fazer da distribuição dos ditos bandeira política durante meses a fio aborrece e é redutor. Parece que o governo não fez mais nada, não lançou mais nenhuma medida útil. Mas para mim, o mais grave mesmo é usar crianças nos tempos de antenas dos partidos, em discursos políticos ou em qualquer outro acto político. É pedofilia. É abusar de crianças sem consciência de que estão a ser usadas para benefício próprio. É propaganda e promiscuidade política. 

Mais uma no cravo

Cavaco Silva é o presidente de todos os portugueses...católicos, claro.

A sua atitude aquando da canonização de Nun'Álvares Pereira representa o oposto do que se deve fazer num Estado laico, que somos. As suas declarações, mais que o estatuto dos Açores, por certo, puseram em causa um princípio constitucional, a laicicidade do Estado. Foi um acto gravíssimo. Fico a aguardar o seu pedido de desculpas.


Um nome a fixar

Já que andamos numa de falar de pseudo-jornalistas, apresento-vos mais um: Luís Octávio Costa.

O seu artigo é de uma nojeira, desonestidade e imparcialidade gritante, digno de um qualquer bardameco de um comentador desportivo. Se eu fosse director do Público este senhor já estava no olho da rua. Jornalismo de sarjeta no seu melhor!

A liberdade tem limites...

Anjos a cantar Zeca Afonso. Haja vergonha!

quarta-feira, 22 de abril de 2009

A campanha negra em curso*

Sabemos que Manuela Ferreira Leite é uma pessoa agradável e que gera simpatia. Só de olhar para ela ganhamos o dia, é certo.
Devem por isso ter pensado que um fundo negro*, animador, com uma moldura laranja à la National Geographic que mais parece um efeito de última hora de um trabalho de escola feito à pressa, era a melhor ideia para não desviar a atenção do aprazível rosto da líder. 


A ideia saiu furada já deu para ver. Quando vejo um daqueles cartazes desvio logo o olhar; os condutores dão guinadas violentas ao volante nas rotundas deste Portugal.


Como disse Pedro Sales no Arrastão, "a habilidade do PSD (...) é mais eficaz que o trabalho do mais mais diligente dos assessores de José Sócrates."


Já agora encontrei o dito cartaz na Internet, não o original, mas que tem o mesmo grafismo e um slogan adequando à realidade (já que Manuela promete "Política de Verdade" o que, para além de vago é diferente de "Política da Verdade").




Ui ui

Segue-se um vídeo que até eu achei particularmente forte mas que não deixa de reflectir um pouco do que se passa com o valor das amizades agora com isto dos amigos virtuais.

Trata-se de uma sátira ao facebook e não de uma publicidade desta.

Depois ele é que se arma em vítima

O telejornal de sexta à noite da TVI é tudo menos um serviço noticioso. É uma caça à bruxa, uma perseguição feroz, mesquinha e atroz a um homem e a um partido. Por agora é José Sócrates porque está no poder, no futuro será outra a vítima, talvez apenas escapem os amigos do PP. 

As boquinhas, os gestos, as insinuações de uma pseudo-jornalista, que não é jornalista aqui nem no mais subdesenvolvido dos países, tornam aquele programa numa exibição execrável de demagogia, difamação, calúnia e contra-informação, numa manifestação achincalhatória de um ódio pessoal explícito a uma pessoa.

Há quem diga que José Sócrates fez mal em processar a TVI, ao rebaixar-se àquele nível. Concordo, mas também concordo que não se pode dizer tudo o que se quer, desculpando-se com a liberdade de expressão, que, como toda a liberdade, tem limites, e sair-se impune, ainda para mais quando o dito telejornal parece ser particularmente popular, para pessoas mal-formadas e ignorantes, é certo, mas que ainda assim são votantes. 

Sócrates tem por isso total razão em tudo aquilo que disse e se a TVI tem o mínimo de seriedade e dignidade essa senhora tem de ser afastada de vez de qualquer serviço noticioso ou outro.

Independência e liberdade dizem mal com difamação e bota-abaixismo.

domingo, 19 de abril de 2009



A inteligência e tolerância de certas opiniões, ou a falta delas, faz-me sempre questionar quem são os radicais. Felizmente aqui estão bem identificados. Condensados e esteriotipados como eles se querem.


 «O problema não é salvar Portugal, é salvarmo-nos de Portugal»
Jorge de Sena

Can you feel it?

Sweet!

Agora com os festivais de verão à porta, diria que vem mesmo a calhar. Estes japas...!

Arrepiante!

Absolutamente extraordinário, indescritível.

sábado, 18 de abril de 2009

Logo ele

Cavaco Silva quer contribuir para alterar “clima depressivo” 

Ver esta figurinha tentar alterar o clima depressivo é tão proveitoso quanto a defesa da monogamia por parte da Cicciolina.

sábado, 11 de abril de 2009

O Menino Guerreiro Hipersensível


Pedro Santana Lopes é a prova de que a honra e a vergonha só atrapalham a vida de um homem. 

Sem elas tudo se torna mais fácil, nada se perde, tudo se renova.

via: Abnoxio

sexta-feira, 10 de abril de 2009

To serve and protect you

Imagens recolhidas numa esquadra de polícia eslovaca. Um grupo de miúdos ciganos com cerca de 10 anos é sujeito a estas humilhações:

"Amnesty International is deeply concerned by the cruel, inhuman and degrading treatment of six Romani youngsters - three of them who are reported to be under the age of 18 -- detained at a police station in Košice which was depicted on a video published on the internet. The footage shows the boys being forced by police officers to slap and kiss each other repeatedly. The clip also shows them being forced to take off all of their clothes while being watched by more police officers who were taking pictures of them. In dialogue audible on the clip the boys are shouted at, and racially abused. The incident is said to have taken place on 21 March 2009 but the video was only circulated on 7 April, initially by a reporter from the Slovak newspaper SME."

Na cimeira dos G20, Polícia ataca cidadão inocente que viria a morrer por complicações cardíacas provavelmente relacionadas com a brutalidade policial usada:

Holy Friday


Hoje comi um belo dum naco de carne tenro e suculento, um presente dos céus. Divinal mesmo, de bradar aos céus, tenho de dar graças a Deus por tão bom pedaço de carne.

Decência

Loja do Cidadão de Faro

Funcionárias proibidas de usar saias curtas e decotes

Anda meio-mundo chocado com esta notícia. Não entendo, faz todo o sentido estabelecer as regras mínimas de apresentação, nomeadamente de vestuário, prática aplicada em tantos empregos. 

Porque há cada vez mais pessoas sem noção dos limites da decência, faz todo o sentido, para não ferirem as regras de bem estar num local de trabalho de atendimento ao público, que se estabeleçam códigos de vestuário. Fascismo? Não, respeito.

Destaco particularmente o comentário de Hélio Veríssimo, de Torres Vedras, na notícia do Público:

"Só quem não conhece as boas práticas e regulamentos da Administração Pública de qualquer país da OCDE, bem como das Empresas Privadas em particular as que têm pessoal em contacto directo com o público, ficaria espantado, irritado e talvez zangado, gritando "Fascistas!". Acontece que o empregador tem todo o direito e dever de fazer cumprir as regras de bom senso e socialibilidade. O trabalho não é boémia onde cada um pode mostrar o que lhe agrada! Quem não entende isto, está mal, muito mal, da cabecinha, claro."

Porno português



Óptimo, e quando é que deixa a pornografia?!

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Dúvida ocasional

De acordo com o PSD, «caducou a legitimidade do Governo para tomar decisões».

Se me permitem perguntar, quando é que a legitimidade do PSD foi renovada?

terça-feira, 7 de abril de 2009

"Devaneios Cáusticos" (1)

Por que é que o Papa e a igreja católica são contra o uso do preservativo?

Porque as crianças não gostam do látex a roçar-lhes o rabo!

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

PARABÉNS CRISTIANO RONALDO


MELHOR JOGADOR DO MUNDO 2008
(A FALAR EM PORTUGUÊS A RECEBER O PRÉMIO)